‘Um espaço de contemplação’ é o que define este projeto. A idéia do espaço surgiu com a intenção de oferecer aos jogadores de golf deste belo clube uma área de descanso no intervalo das longas partidas. O conceito foi de uma estrutura leve em madeira remetente das características arquitetônicas do projeto do salão de eventos (descrito em outro projeto), mas com grande expansão da liberdade criativa, utilizando de um plano elevado do solo e grandes panos de vidro para oferecer ao espaço interno transparência e o máximo de iluminação natural.
A intenção foi de ressaltar a experiência tanto do observador que está dentro do espaço quanto quem está fora. No primeiro caso, o observador possui uma vista alta e privilegiada do bar de passagem para o campo de golfe e lago. Já no nível do observador o transeunte mantém uma observação quase ininterrupta do lago pela elevação do volume do solo.
O grande pé direito confere suntuosidade e liberdade espacial, enquanto a cobertura externa com sua grande angulosidade faz com que a forma remeta as linhas orgânicas presentes no belíssimo lago artificial. Já no pavimento térreo a extensão contínua de decks de madeira gera movimento e integração, prolongando as linhas da sede social e piscina logo atrás do volume a ser construído.